Cidade de Goiás Velho quais pontos turísticos visitar e City Tour

city tour de caldas novas a GOIAS velho
+

Cidade de Goiás (Goiás Velho) e seus Pontos Turísticos

Pontos Turísticos de Goiás Velho

Goiás Velho parece uma cidade cenográfica. As ruas do centro histórico preservam as casas antigas, pequenas, com pinturas coloridas e janelas e portas de madeira voltadas para a rua. As calçadas e ruas estreitas são todas de pedra. Entre as fachadas mais simples e as mais requintadas, com desenhos e detalhes, podemos imaginar as diferenças sociais dos antigos moradores.

Algumas casas transformadas em lojinhas vendem quitutes e artesanatos. Outras poucas foram transformadas em restaurantes, lanchonetes e cafés.

janela de loja cidade de goiás

Loja de Artesanato na cidade de Goiás Velho
ruas do centro de goiás velho

Ruas do Centro – Viagem pelo tempo

É comum encontrarmos janelas e portas abertas, com os moradores atuais sentados em suas cadeiras na calçada, jogando conversa fora e vendo as pessoas passarem. O clima interiorano e o cenário histórico dão um charme especial a pequena cidade de Goiás Velho. Além do passeio pelas ruas históricas, Goiás Velho também tem outros atrativos turísticos. Confira abaixo alguns dos pontos turísticos de Goiás Velho e saiba o que ver e  fazer na cidade.

Principais Pontos Turísticos de Goias Velho

Praça e sorveteria do Coreto

É o lugar mais movimentado da cidade, com muitos bancos e gramado. Em volta da praça existem alguns restaurantes, lanchonetes, lojas de artesanato e a nova igreja matriz (Catedral de Sant’ana). No centro da praça fica a movimentada e famosa Sorveteria do Coreto, que vende vários sorvetes de massa e picolés, dentre eles os sabores exóticos de frutas do cerrado. Veja mais no post  Goiás Velho: Hotéis, Pousadas, Restaurantes e Comidinhas.

praça do coreto no centro de goiás

Praça do Coreto


Casa e Museu de Cora Coralina

Em uma casa simples, ao lado do rio e de uma pequena ponte branca, encontra-se a antiga casa da Poetisa e doceira Cora Coralina, a maior celebridade da cidade de Goiás Velho e um dos pontos turísticos preferidos dos visitantes. A escritora publicou seu primeiro livro já aos 70 anos, depois de fazer o curso de datilografia.

Dentre seus tutores e amigos estão nomes como Jorge Amado e Carlos Drummond Andrade. A casa que virou museu mostra toda a história de Cora Coralina: são objetos e mobiliários originais, curiosidades, livros, troféus e coleção de prêmios da poetisa do cerrado. A visita é guiada.

 

Espaço Cultural Goiandira do Couto

Outra celebridade de Goiás Velho é a artista Goiandira do Couto, prima de Cora Coralina. A artista utilizava uma técnica de pintura com areias. São mais de 500 tonalidades encontradas na Serra Dourada. Na pequena galeria estão expostos alguns quadros e amostras de areias utilizadas pela artista. Rua Joaquim Bonifácio, 19, atrás da Igreja N. Sra. D’Abadia.

 

um dos principais museus da cidade

Quadros de Goiandira do Coito e as areias em várias tonalidades

Visitar os principais pontos turísticos que são:

  • Becos da Cidade de Goiás (Que inspiraram a poesia de Cora Coralina e os versos e canções como Noites Goianas.)
  • Rio Vermelho (Que corta a cidade, passando também pelo quintal de velhas casas. )
  • Prédio das Antigas Cadeia e Câmara Municipal (Construção de 1761, é um enorme casarão que em seu andar térreo abrigava a cadeia e no superior, a Câmara. A cadeia funcionou até 1950. Atualmente abriga o Museu das Bandeiras. Local: Praça Brasil Ramos Caiado, s/nº )
  • Casa de Fundição (Construção de 1752, era o local onde se fundia o ouro extraído das minas. )
  • Balneário Cachoeira Grande (Queda do Rio Vermelho, abriga praia e piscinas naturais. Local: Estrada para Jussara, 6 Km do Centro)
  • Balneário Santo Antônio ()
  • Cachoeira das Andorinhas (Queda de 9m de altura, entre rochas que abrigam andorinhas.  Seu acesso é feito por estrada de terra com saída pela lateral do morro de Santa Bárbara. Possui água limpa que forma poços piscosos. Local: Fazendo Manduzanzan, 6 Km do Centro.)
  • Furna da Bandeirinha (Túnel escavado provavelmente por escravos, com 2 m de altura, no Morro da Bandeirinha. Dá acesso a vários salões. As visitas só podem ser feitas com acompanhamento. Local: Saída para Aruanã, a 500 m do Centro. )
  • Cruz do Anhanguera (É um dos símbolos da Cidade de Goiás. A relíquia foi transferida para a antiga Vila Boa por Luiz do Couto, em 1918, que a reencontrou depois de ter sido levada, juntamente com a igreja da Lapa, pela enchente de 1839. Nova tempestade no final de 2001 destruiu mais uma vez a cruz, que será reconstruída nos mesmos moldes da original.)
  • Quartel do 20 (Serviu de hospital durante a Guerra do Paraguai e atualemente seu pátio interno serve como local de festas populares. Local: Praça Brasil Ramos Caiado, s/nº )

 

Comprar os tradicionais Doces que são feitos aqui em Goiás

Uma antiga tradição da cidade de Goiás são os alfenins, doces origem portuguesa, preparados com açúcar e polvilho com simpáticos formatos de animais. Os doces de frutas cristalizadas também são famosos e se pode acompanhar o trabalho das doceiras.

Acompanhar a Procissão do FogaréuProcissão do Fogareu Goiás

A Procissão do Fogaréu acontece na Semana Santa. À meia-noite de quarta-feira, a iluminação pública da cidade é apagada e, ao som de tambores e à luz de tochas, tem início a cerimônia que simboliza a prisão de Cristo. Quarenta homens encapuzados, os farricocos, carregam as tochas enquanto um coral entoa cantos em latim.